Director Carlos Rosado de Carvalho

CPLP - A próxima presidência

CPLP - A próxima presidência

Exige-se muito mais desta comunidade, de quem a lidera e de quem dela faz parte. Sem excepções. Só assim, os talentos que saírem destes países poderão competir com qualquer talento de qualquer país. Mas mais: que estes possam construir casos de sucesso no meio corporativo e/ou tecnológico, sejam empreendedores, investidores ou colaboradores de empresas.

Angola vai assumir a presidência rotativa da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), a partir de 2020, por dois anos. Quando Angola assumir esta presidência, já o embaixador Francisco Ribeiro Telles terá cumprido um ano como Secretário Executivo. Não é fácil termos duas tão boas notícias ao mesmo tempo.

Angola terá a oportunidade de demonstrar a sua maturidade política e de liderança num momento crucial da sua recuperação e desenvolvimento. Também terá a oportunidade de prosseguir uma liderança africana desta forte comunidade, que representa cerca de 270 milhões de pessoas em todo o mundo.

Por outro lado, tem o dever de, neste período de pouco mais de um ano, fazer o máximo por agilizar determinadas prioridades dentro da sua sociedade, como é o exemplo da saúde, educação e justiça. Pilares fundamentais de qualquer democracia.


(Leia o artigo integral na edição 487 do Expansão, de sexta-feira 24 de Agosto de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i