Director Carlos Rosado de Carvalho

Economia angolana entrou em 2018 em recessão

Economia angolana entrou em 2018 em recessão

O Instituto Nacional de Estatística diz que, nos primeiros três meses de 2018, a riqueza gerada em Angola recuou 2,2% face ao mesmo período de 2017. Comparando com o trimestre anterior, o PIB baixou "apenas" 0,9%. O fraco desemprenho da economia no arranque do ano faz temer pela sua recuperação.

A economia angolana entrou o ano em recessão, com o Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre de 2018 a registar contracções de 2,2% face ao mesmo período de 2017 e de 0,9% face ao quarto trimestre de 2017, de acordo com as contas nacionais trimestrais do Instituto Nacional de Estatística (INE).

"O PIB do primeiro trimestre de 2018 variou -2,2% em termos homólogos, isto é em relação ao primeiro trimestre de 2017", lê- -se na nota de imprensa do INE denominada PIB primeiro trimestre 2018, datada de Agosto e divulgada esta segunda-feira, com cerca de 45 dias de atraso.

No mail que acompanha a nota de imprensa, o instituto apresenta "sinceras desculpas" pelo atraso na publicação das contas nacionais trimestrais que justifica com a "necessidade e obrigatoriedade de aferição da qualidade da informação recebida, tardiamente, de diversas fontes". De acordo com o calendário oficial, o PIB do primeiro trimestre de 2018 deveria ter sido publicado no dia 10.


(Leia o artigo integral na edição 488 do Expansão, de sexta-feira 31 de Agosto de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i