Director Carlos Rosado de Carvalho

Só uma empresa explora, fabrica e comercializa legalmente calcário dolomítico em Angola

Só uma empresa explora, fabrica e comercializa legalmente calcário dolomítico em Angola
Foto: ARQUIVO
EXPANSÃO

Mais de 30 empresas estão na lista de espera para a aquisição de licença para exploração e comercialização legal de calcário dolomítico. Apenas uma está licenciada.

Dezenas de empresas exploram e comercializam calcário dolomítico, substância nutritiva utilizada para corrigir a acidez dos solos, mas apenas uma está devidamente legalizada para exercer a actividade. Trata-se da Calcários da Huíla, Lda, situada em Tchivinguiro, município da Humpata, província da Huíla.

A empresa, registada na Comarca da Huíla, em Outubro de 2007, de acordo com o Diário da República 116, de 25 de Junho de 2008, resulta de um investimento de 2 milhões USD, aplicados há 10 anos, mas apenas no ano passado é que conseguiu reunir clientes no mercado interno, que lhe permitiram começar a trabalhar.

Um dos sócios-gerente da empresa, disse que, passados 10 anos o mercado continua tímido, apesar de já ter uma gama de 100 clientes, incluindo o Ministério da Agricultura e Florestas, para além de micro e grandes empresas dedicadas ao cultivo de produtos agrícolas. O objectivo é alargar os compradores, num mercado onde há "muitas empresas e pequenos produtores a trabalhar a terra". (...)


(Leia o artigo integral na edição 490 do Expansão, de sexta-feira 14 de Setembro de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i