Director Carlos Rosado de Carvalho

Indústria e Agricultura ficaram com 80% dos financiamentos

Indústria e Agricultura ficaram com 80% dos financiamentos
Foto: César Magalhães

Ao todo ficaram na "gaveta" 113 projectos aprovados por financiar, correspondendo a um total de 30,3 mil milhões Kz. A retirada das garantias por parte do Estado "engavetou" os projectos pois a banca comercial suspendeu os financiamentos. Metas do programa iniciado em 2012 ficaram por cumprir.

O Programa Angola Investe (PAI), criado em 2012, financiou 402 projectos no valor de 90 mil milhões Kz, sendo que a indústria transformadora foi o sector que mais recebeu financiamento deste programa estatal cujo fim foi anunciado sexta-feira, 14 de Setembro.

Ao longo de sete anos foram aprovados 515 projectos, avaliados em 120,3 mil milhões Kz, ficando na "gaveta" 113 projectos cujo financiamento rondava 30,3 mil milhões Kz, de acordo com informação do Ministério da Economia e Planeamento a que o Expansão teve acesso.

Fontes da banca comercial adiantaram ao Expansão que a maior parte dos projectos ficaram "engavetados" a partir de 2014, altura em que o Estado retirou a linha de crédito bonificado e o Fundo de Garantia de Crédito (FGC), fazendo com que os bancos comerciais suspendessem a cedência de financiamento a estes projectos. (...)


(Leia o artigo integral na edição 491 do Expansão, de sexta-feira 21 de Setembro de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i