Director Carlos Rosado de Carvalho

Internet chega a menos de um terço dos telemóveis angolanos

Internet chega a menos de um terço dos telemóveis angolanos

Dos 13 milhões de utilizadores de telemóvel do País, apenas quatro milhões têm acesso à internet, revela o Instituto Angolano das Comunicações (INACOM) com base em dados do primeiro trimestre de 2018.

Estes números foram avançados, esta terça-feira, durante o encontro "Breakfast com o Regulador", que contou com a presença do ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, que admitiu que esta taxa de cobertura ainda não é a desejada.

"Temos já uma taxa elevada de cobertura, não ainda aquela que queremos. Temos de continuar a trabalhar com os operadores para cobrirmos o País inteiro com uma infra-estrutura forte", afirmou José Carvalho da Rocha.

Na iniciativa, que juntou também operadores do sector das comunicações electrónicas e dos serviços postais, foram também abordados os planos do Governo para a implementação do roaming doméstico, um "serviço indispensável" para que os utilizadores não sintam limitações quando se deslocam dentro do País, e para a Rede Nacional de Banda Larga

Segundo o secretário de Estado para as Telecomunicações, Mário Oliveira, está em curso a preparação de condições para a concepção e implementação da Estratégia Nacional de Banda Larga, cujo objectivo é fazer chegar a cobertura de banda larga a 80% da população até 2025.

Quanto à implementação do serviço de roaming doméstico, o presidente do conselho de administração do INACOM, Leonel Augusto, disse que irá ainda decorrer "a consulta pública com os operadores, a actualização de alguma legislação e também o desenho da implementação técnica" desta solução.

*com Agência Lusa

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i