Estado assume contrato da Air Connection Express para compra de seis aviões Bombardier

Estado assume contrato da Air Connection Express para compra de seis aviões Bombardier
Foto: D.R.

A TAAG vai receber as seis aeronaves previstas para servir a rede doméstica, no âmbito de um contrato com a Air Connection Express, a parceria público-privada suspensa por João Lourenço.

O Estado vai assumir o contrato assinado com os fabricantes canadianos da Bombardier para aquisição de seis aeronaves destinadas ao serviço da rede doméstica que estava prevista ficar nas mãos da parceria público-privada, a Air Connection Express-Transporte Aéreo, entretanto suspensa pelo Presidente da República, João Lourenço.

O presidente do Conselho Executivo da TAAG disse ao Expansão que a compra das aeronaves, com capacidade para cerca de 70 passageiros, segue o seu curso normal, sem alteração do valor, 198 milhões USD, e da data de entrega em 2019.

Segundo Rui Carreira, que conhece bem o dossier, o Estado vai reunir em breve com a Bombardier e, a partir daí, "traçar uma linha zero". (...)


(Leia o artigo integral na edição 494 do Expansão, de sexta-feira 12 de Outubro de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i