Director Carlos Rosado de Carvalho

O futuro brilhante dos investidores em África

O futuro brilhante dos investidores em África
Foto: D.R.

Para qualquer investidor interessado em África, só existia um lugar para se estar na segunda semana de Novembro: Joanesburgo. Quando o evento de três dias, o Fórum de Investimento em África, abriu no dia 7 de Novembro, um total de 61 negociações com um valor estimado de mais de 40 mil milhões USD foi apresentado nas "Sessões na Sala de Reuniões do Conselho", enquanto outros 28 mil milhões USD foram exibidos aos investidores no mercado "Gallery Walk".

Os negócios são seleccionados a partir de um total de 230 projectos que valem mais de 208 mil milhões USD, abrangendo sectores tais como: energia, infra- -estruturas, transportes e serviços, indústria, agricultura, tecnologias de informação e comunicação, telecomunicações, água e saneamento, serviços financeiros, saúde, educação, hotelaria e turismo, habitação e aviação.

O risco, ou pelo menos a percepção dele, há muito que é o maior impedimento para se atrair o investimento directo estrangeiro em África. Mas o Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) está a atacar este problema de frente ao retirar as barreiras que têm travado o fluxo de investimento financeiro para o continente. O Fórum de Investimento em África baseado nas transacções é o passo mais importante neste processo. (...)

*Presidente do Banco Africano de Desenvolvimento

(Leia o artigo integral na edição 499 do Expansão, de sexta-feira, dia 16 de Novembro de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i