Director Carlos Rosado de Carvalho

Diamantes exportados representam 90% da produção prevista pelo Governo até final do ano

Diamantes exportados representam 90% da produção prevista pelo Governo até final do ano
Foto: César Magalhães

Nos primeiros 10 meses do ano, o País exportou oito milhões de quilates de diamantes, o que permitiu arrecadar 1.100 milhões USD, praticamente o mesmo que o total de 2017.

Angola exportou cerca de oito milhões de quilates de diamantes até Outubro, segundo dados do Ministério das Finanças (Minfin), perto de 90% dos pouco mais de 9 milhões de quilates vendidos ao exterior em todo o ano passado, meta que a este ritmo pode ser ultrapassada.

O preço médio com a venda de diamantes aumentou 23,9% para 156,2 USD nos primeiros dez meses de 2018 face aos 114,1 USD registados até Outubro de 2017.

Segundo os dados do Minfin divulgados esta semana, na tabela do resumo do apuramento da receita mensal com a venda de diamantes, nos meses de Janeiro e Março não houve pagamento da receita diamantífera, estando contabilizados apenas oitos meses.

Os 156,2 USD resultam da divisão da soma total da evolução dos preços durante os oito meses em que foram apuradas as vendas de diamantes ao exterior.

De acordo com a Direcção Nacional de Mercados e Promoção da Comercialização de Diamantes, afecta ao Ministério dos Recursos Minerais e Petróleos, estes indicadores satisfazem os operadores que voltaram a investir em mais projectos diamantíferos e encaram o negócio mais lucrativo depois de vários anos de prejuízos com a venda de diamantes a clientes preferenciais. (...)

(Leia o artigo integral na edição 501 do Expansão, de sexta-feira, dia 30 de Novembro de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i