Director Carlos Rosado de Carvalho

Organizem-se

Organizem-se
Foto: D.R.

É elevado o número de empresas que fecham as suas portas por problemas de organização, essencialmente por falta de capacidade de gestão ao nível dos recursos humanos, de falta de conhecimento e controlo do mercado, e do descontrolo financeiro e operacional.

Em época de vacas gordas, as empresas raramente são afectadas, pois os mercados estão favoráveis e os clientes são menos exigentes, face à tendência para o consumismo desregrado.

Mal está, quando o estado da economia piora e a crise se instala, regra geral trazendo consigo, uma avalanche de competitividade e exigências, que obrigam as empresas a estarem mais atentas e simultaneamente organizadas, diria com uma muito maior capacidade de resposta.

Muitas dessas empresas, principalmente as de média e pequena dimensão, navegam à vista, não possuindo informações sobre a dimensão do seu mercado alvo, tão pouco das preferências e hábitos de consumo, da mesma forma que desenvolvem a sua actividade, com uma competitividade por "contágio" e ao sabor da corrente, calculando preços e margens, com base em informação contaminada, sem preocupação sobre a rentabilidade, provocando quase sempre o desequilíbrio financeiro. (...)

(Leia o artigo integral na edição 503 do Expansão, de sexta-feira, dia 14 de Dezembro de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i