Mina de Catoca produz 80% do total de diamantes de 2017

Mina de Catoca produz 80% do total de diamantes de 2017
Foto: D.R.

A empresa prevê fechar o ano com uma receita de 700 milhões USD. A subida do preço e o fim dos clientes preferenciais permitiram o aumento da receita.

A produção de diamantes da Sociedade Mineira de Catoca (SMC), na Lunda Sul, nos primeiros 11 meses do ano, atingiu uma cifra de 8,4 milhões de quilates, cerca de 80% do global produzido no ano passado em todo o País.

Em 2017, Angola produziu pouco mais de 9,3 milhões de quilates, tendo gerado receitas para o Estado na ordem de 1,1 mil milhões USD. A quota actual de Catoca, alcançada entre Janeiro e Novembro, registou um aumento de 13%, superando os 7,4 milhões de quilates anunciados no início do ano.

Num balanço apresentado pela SMC, a empresa prevê fechar o ano com uma receita bruta de 700 milhões USD, ou seja mais 4%, face aos 676 milhões arrecadados no ano passado.

Em termos fiscais, a maior empresa de produção de diamantes do País registou um aumento de 9,5% nas suas contribuições, passando para os 217 milhões USD durante o período em análise, contra os 198 milhões registados no exercício do ano anterior.

A direcção da empresa garante que Catoca, com os projectos em execução, tem condições técnicas e humanas para até 2020 ser a terceira maior empresa de diamantes no mundo, isto é com a entrada em funcionamento da Mina do Luaxe, o maior quimberlito descoberto em Angola. (...)


(Leia o artigo integral na edição 504 do Expansão, de sexta-feira, dia 21 de Dezembro de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i