AGT vai penhorar contas de empresas em fuga ao fisco

AGT vai penhorar contas de empresas em fuga ao fisco
Foto: Adjali Paulo

Depois de retirar o direito de pagamento em prestações das obrigações fiscais, a AGT vai penhorar as contas dos contribuintes em fuga.

A Administração Geral Tributária vai avançar com a penhora das contas bancárias das empresas Elvira e Emirene prestações de serviço, Atemarte, Wahissa e a Organizações Santos Bikuku, Viagens e Turismo devido a fuga ao fisco no exercício de 2013 e 2014.

Segundo a chefe da sétima região tributária, Domingas Natividade Gomes Manuel, estão a ser criadas condições para que o processo esteja em curso apesar das condicionantes de muitos bancos da sétima região, pertencentes às províncias da Lunda-Sul, Lunda-Norte e Moxico.

"Já temos a autorização do Ministério Público para avançarmos com a penhora das contas. Estamos a fazer tudo para efectivar esta medida", explica a directora que sublinhou a dificuldade que a repartição tem encontrado nos bancos na penhora dos bens das empresas. (...)


(Leia o artigo integral na edição 506 do Expansão, de sexta-feira, dia 11 de Janeiro de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i