Banco Económico e Millennium Atlântico arrancam ano de 2019 com novos presidentes

Banco Económico e Millennium Atlântico arrancam ano de 2019 com novos presidentes
Foto: Lídia Onde

O ano de 2018 fica marcado com alterações nos conselhos de administração de alguns bancos comerciais, com alguns "históricos" das instituições a serem substituídos por "sangue-novo".

A saída de Carlos Silva da presidência do conselho de administração do Atlântico, substituído por António de Assis de Almeida, e a troca de Sanjay Bhasin por Pedro Cruchinho na presidência da comissão executivo do Banco Económico marcaram o final do ano na banca.

Estas foram as últimas alterações nas estruturas administrativas da banca comercial em 2018, ano marcado por várias mexidas.

Sanjay Bhasin liderou a reestruturação do banco que sucedeu ao antigo Banco Espírito Santo Angola (BESA). Pedro Cruchinho que agora o substitui fazia parte da sua equipa.

Já o fundador do Millennium Atlântico, Carlos Silva, deixa a presidência do banco que passa agora para outro administrador que também estava na instituição desde o início, António Assis de Almeida. A dança de cadeiras não se resume ao Económico e Atlântico. (...)


(Leia o artigo integral na edição 506 do Expansão, de sexta-feira, dia 11 de Janeiro de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i