Economia angolana recuou 2,7% nos primeiros nove meses de 2018

Economia angolana recuou 2,7% nos primeiros nove meses de 2018
Foto: D.R.

Depois das quedas homólogas de 2,2% no primeiro trimestre e de 4,5% no segundo, o PIB recuou "apenas" 1,6% no terceiro trimestre, colocando o crescimento dos nove primeiros meses do ano passado em -2,7%. Apesar de menos mau, o cenário ainda é de recessão, a terceira em três anos.

A economia angolana caiu 2,7% nos primeiros nove meses de 2018 face ao mesmo período de 2017 indiciando uma recessão mais suave do que sugeriam os dados do primeiro semestre, de acordo com cálculos do Expansão a partir das contas Nacionais do III Trimestre do ano passado do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgadas na segunda-feira.

No terceiro trimestre, o Produto Interno Bruto (PIB) recuou 1,6% face ao período homólogo de 2017, depois de ter caído 4,5% e 2,2% no segundo e primeiro trimestres, respectivamente, também em termos homólogos. Feitas as contas chegámos à quebra de 2,7% nos primeiros nove meses.

A recessão da economia angolana revela-se agora mais suave do que o antecipado. As contas nacionais do II trimestre apontavam para "trambolhões" do PIB de 7,4% neste trimestre e de 4,7% no primeiro trimestre.

Apesar de menos má, a evolução da economia angolana não deverá ser suficiente para cumprir a meta do Governo para 2018 que apontava para um recuo 1,1% do PIB. O Governo começou por prever um crescimento de 4,8% aquando da apresentação do Orçamento Geral do Estado para este ano. (...)


(Leia o artigo integral na edição 507 do Expansão, de sexta-feira, dia 18 de Janeiro de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i