Director Carlos Rosado de Carvalho

UA pede suspensão de anúncio de resultados eleitorais finais na RDC

UA pede suspensão de anúncio de resultados eleitorais finais na RDC
Foto: African Union Comission

Líderes da União Africana (UA) e representantes dos principais organismos regionais do continente, reunidos em Adis Abeba, Etiópia, pediram esta quinta- -feira à República Democrática do Congo (RDC) que suspenda a divulgação dos resultados finais das eleições gerais de 30 de Dezembro, nomeadamente das presidenciais, porque "concluíram que há sérias dúvidas sobre a conformidade dos resultados provisórios das urnas divulgados pela Comissão Eleitoral Independente Nacional (CENI)".

A UA, sediada na capital etíope, irá enviar com carácter de urgência uma missão de alto nível a Kinshasa, capital da RDC, para reunir com os vários intervenientes de modo a "chegar a um consenso e a encontrar uma saída para a actual crise", lê-se no comunicado divulgado ao final da noite após um encontro de alto nível presidido por Paul Kagame, presidente da UA e da República do Ruanda.

A reunião juntou um número não revelado de chefes de Estado e de Governo da UA, bem como representantes da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (ICGLR), da Comunidade Económica dos Estados da África Central (ECCAS), da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (ECOWAS), da Autoridade Intergovernamental para o Desenvolvimento (IGAD) e da Comunidade da África Oriental (EAC).

A UA apela a que todas as partes "interajam positivamente com a delegação de alto-nível", cuja data da visita à RDC ainda não foi anunciada. (...)


(Leia o artigo integral na edição 507 do Expansão, de sexta-feira, dia 18 de Janeiro de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Notícia relacionada:
Tshisekedi vence eleições sob acusações de fraude eleitoral

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i