Director João Armando

Venda de carros novos em queda livre desde 2014

Venda de carros novos em queda livre desde 2014
Foto: César Magalhães

Naquele que é o novo ano "horribilis" do sector automóvel, foram poucas as viaturas de luxo vendidas em todo o País. Carros ligeiros continuam a ser os que maior procura motivam nos consumidores. Desde o início da crise, a venda de veículos novos caiu 93%.

As concessionárias que operam em Angola venderam 3 146 viaturas novas em 2018, tratando-se do pior ano do sector, com uma quebra de 26,8% nas vendas face a 2017, ano que também já tinha sido o pior da última década.

As vendas de viaturas novas estão em queda desde 2014, ano em que foram vendidas 44 536. Contas feitas, a venda de carros novos em Angola caiu 93% desde o início da crise.

Das 3 146 viaturas, 54% foram ligeiros de passageiros (1 698 carros), enquanto os pesados de passageiros (610) e os ligeiros comerciais (600) representam 19%, cada um, do total de vendas. Já os pesados comerciais (238), com 8% do total de vendas, foram a categoria menos vendida.

Quanto às marcas mais vendidas, a Volkswagen Camiões comanda as vendas com (628, entre pesados de passageiros e pesados comerciais) unidades, seguidos da Suzuki com (598), a Hyundai (329), a Kia (230). Segue- se a Fiat (227), Renault (226), Toyota (148), Nissan (135), seguido da Mazda que vendeu (122) e a Ford (91). Depois de estar em segundo lugar em 2017 nos mais vendidos, o Suzuki Alto 800 liderou o ano passado, seguido do Suzuki Jimmy 1.3 JLX AT e a Hyundai Grande i10. (...)


(Leia o artigo integral na edição 512 do Expansão, de sexta-feira, dia 22 de Fevereiro de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i