Inflação mensal atinge valor mais baixo em quinze meses

Inflação mensal atinge valor mais baixo em quinze meses

Com o aumento de 1% do custo de vida em Fevereiro, a taxa de inflação homóloga nacional fixou-se nos 18%, mínimos desde Janeiro de 2016. O Governo prevê chegar ao fim do ano de 2019 com uma inflação anual próxima dos 15%, depois de ter fechado 2018 nos 18,6%.

O custo de vida em Angola aumentou 1,0% em Fevereiro face a Janeiro, o valor mais baixo dos últimos 15 meses, influenciado pelas classes de bens e serviços diversos, educação e hotéis, cafés e restaurantes, indicam os dados do relatório sobre o Índice de Preços do Consumidor Nacional (IPCN) referentes ao mês passado.

Segundo o relatório mensal do INE sobre o comportamento dos preços, divulgado esta terça- -feira com um dia de atraso, é preciso recuar a Novembro de 2017 para encontrar uma taxa de IPCN tão baixa, quando o indicador também rondou os 1,0%.

Para o investigador da Universidade Agostinho Neto, Fernandes Wanda, este desacelerar da inflação no início do ano é explicada pela "procura" reprimida que resulta depois de um mês de grandes gastos, Dezembro. "Sabemos que, em Janeiro, por norma, existe uma procura reprimida. Atraso salarial (na generalidade) e pouca disponibilidade (devido ao excessivo consumo no mês anterior).

Isso faz com que as empresas estejam pouco propensas a aumentarem os preços (muitas ainda estão em processo de cobrança ao Estado). Partindo do princípio que Angola não produz o que consome, este ajuste começa a ter lugar em Fevereiro e continua também agora em Março. Acredito que a baixa inflação parece ser uma tendência no início do ano, logo devíamos ter cautelas e não celebrar já", disse.

Os dados do INE indicam que as classes cujos preços mais subiram em Fevereiro foram Bens e Serviços Diversos (1,6%), Educação e Hotéis, Cafés e Restaurantes (com 1,6% cada) e Vestuário e Calçado (1,3%). (...)


(Leia o artigo integral na edição 515 do Expansão, de sexta-feira, dia 15 de Março de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i