Director João Armando

Produção de diamantes cresce 31,5% e rende 368,6 milhões USD nos primeiros três meses de 2019

Produção de diamantes cresce 31,5% e rende 368,6 milhões USD nos primeiros três meses de 2019
Foto: César Magalhães

A manter-se este ritmo, a produção e captação da receita fiscal resultante da produção de diamantes em 2019 vai atingir valores recordes. Catoca continua a ser líder na produção.

A Empresa Nacional de Comercialização de Diamantes de Angola (SODIAM) arrecadou 368,7 milhões USD com a venda de 2,6 milhões de quilates de diamantes no l trimestre deste ano, mais 40,7% que os 262 milhões USD arrecadados no período homólogo de 2018.

Num balanço da actividade mineira no subsector dos diamantes, a SODIAM indicou que o volume total das vendas corresponde a um aumento de cerca de 31,5% face a igual período de 2018.

De acordo com a administração da SODIAM, a receita bruta resultante da comercialização da pedra preciosa aumentou mais 106,5 milhões USD, ou seja mais 40,7%, em relação a igual período de 2018.

Relativamente ao preço médio, registou uma subida de 6,9% relativamente aos primeiros três meses do ano passado, fixando-se nos 139,2 USD por quilate.

Os diamantes comercializados nos primeiros três meses de 2019 foram provenientes das províncias da Lunda Sul (93,6%) e da Lunda Norte (6,4%). Dos 2,6 milhões de quilates vendidos pela SODIAM, 2,5 milhões são de origem kimberlítica e 141 mil da produção aluvionar. (...)


(Leia o artigo integral na edição 522 do Expansão, de quarta-feira, dia 3 de Maio de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i