Petróleo estabiliza acima dos 60 USD

Petróleo estabiliza acima dos 60 USD

Os ataques a duas embarcações petrolíferas e o relatório da OPEP, que revelou um recuo de 236 mil barris por dia na produção do cartel em Maio, levaram a uma subida dos preços da matéria-prima.

No decorrer das últimas semanas os preços do petróleo estiveram a ser fortemente influenciados pelo lado da procura. As tensões comerciais e o aumento das reservas petrolíferas norte-americanas foram os factores que ditaram o rumo da matéria-prima, levando o Brent a atingir os 60 USD na semana passada. Contudo, a atenção dos investidores, nesta semana, virou-se para o lado da oferta. Os ataques a duas embarcações petrolíferas e o relatório da OPEP, que revelou um recuo na produção do cartel, levaram a uma acentuação dos preços.
Pondo em destaque o relatório, a produção da OPEP situou-se, em média, nos 29,876 milhões de barris por dia (aproximadamente 30% da oferta mundial) no mês de Maio, uma diminuição de 236 mil barris por dia (bpd) face Abril. O Irão, devido às sanções dos Estados Unidos, foi o país que apresentou a maior quebra face ao mês anterior (-227 mil bpd), seguido da Nigéria (-92 mil bpd) e da Arábia Saudita (-76 mil bpd). No que diz respeito aos países que aumentaram a sua produção, o Iraque liderou, com uma subida de 94 mil bpd, e Angola seguiu, com um incremento de 74 mil bpd.
Nos mercados bolsistas norte-americanos, a semana foi de ganhos ligeiros. Os investidores reagiram positivamente ao facto de os EUA não terem implementado as taxas alfandegárias sobre os bens provenientes do México. Contudo, o presidente norte-americano revelou estar pronto a aumentar, para além dos 25%, as tarifas que incidem sobre determinados produtos chineses, o que teve uma repercussão negativa no sector tecnológico.

*Banco Angolano de Investimentos

(Leia o artigo na integra na edição 528 do Expansão, de sexta-feira 14 de Junho de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i