PGR aperta o cerco a privados com financiamentos estatais

PGR aperta o cerco a privados com financiamentos estatais
Foto: César Magalhães

A recuperação dos dinheiros públicos usados para financiar projectos privados chegou à banca. A Procuradoria-Geral da República recuperou financiamentos concedidos pela Sonangol a accionistas do Banco Económico e prepara-se para intervir no sector industrial.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) está a apertar o cerco a financiamentos públicos utilizados para investimentos privados e já anunciou a recuperação de 148,7 milhões USD a accionistas do Banco Económico, bem como resgatou a posse para o Estado de três fábricas têxteis. Está a ainda negociar com a Biocom e a fábrica de cimento do Kwanza Sul.

Segundo um comunicado do Serviço Nacional de Recuperação de Activos da PGR os accionistas do Banco Económico foram financiados pela Sonangol que beneficiou as empresas Geni SA, de Leopoldino Fragoso Nascimento "general Dino" e a Lektron Capital de Manuel Vicente, ex-vice presidente da República, e General "Kopelipa".

A Geni S.A. recebeu em kz o equivalente a 53,2 milhões USD e terá pago já 23,6 milhões USD, segundo a PGR, que terão ido parar a uma conta errada, estando a decorrer o processo para a recuperação deste valor. A empresa do "general Dino" ter-se-á comprometido a devolver ao Estado o restante da dívida, de acordo com o Serviço Nacional de Recuperação de Activos.

Já a Electrum Capital, que recebeu da Sonangol 125 milhões USD, optou por entregar ao Estado os 31% de capital que detinha no Banco Económico. Contas feitas, a estrutura accionista do banco que foi criado depois da falência do BESA é hoje maioritariamente estatal (16% Sonangol; 16% Sonangol Vida; 7,4% Sonangol Holding; 31% desconhece-se onde serão enquadrados mas pertencem ao Estado). A Sonangol já tinha decretado como perdas estes financiamentos. (...)


(Leia o artigo integral na edição 529 do Expansão, de sexta-feira, dia 21 de Junho de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i