Concluída a 2.º fase da modernização do Porto do Namibe

Concluída a 2.º fase da modernização do Porto do Namibe
Foto: César Magalhães

O porto do Namibe quer voltar aos níveis de actividade que tinha nos anos 1970, quando movimentava 6 milhões toneladas de mercadorias por ano.

Terminou a segunda fase do projecto de modernização do Porto do Namibe, inaugurada oficialmente pelo ministro dos Transportes, Ricardo Viegas de Abreu. A capacidade actual de movimentação é de 1 700 toneladas, sendo que, depois das obras, passará para 2 700, com um aumento de ligações frigoríficas, de 25 para 100 tomadas.

A segunda fase do projecto contemplou a reabilitação de 240 metros de cais e pavimentação do parque de contentores , financiado pelo governo japonês, num acordo de doação avaliado em 60 milhões USD.

Para o seu correcto funcionamento é necessária uma reabilitação completa, uma vez que o Namibe continua a ser um porto de águas abertas e sem protecção. Quando estiver concluído, será possível introduzir novos e mais modernos meios de carga e descarga, gruas móveis, permitindo o triplo dos movimentos no cais e a diminuição dos tempos de escala, de uma média de quatro e cinco dias de operação para cada mil contentores, para apenas um dia.

O porto do Namibe procura uma posição para concorrer com os seus similares mais próximos, respondendo ao crescimento da procura que se espera com a retoma da exploração mineira e o incremento da produção agrícola nesta região. (...)


(Leia o artigo integral na edição 536 do Expansão, de sexta-feira, dia 9 de Agosto de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i