Director Carlos Rosado de Carvalho

Mercado do luxo em análise no ISEG

Mercado do luxo em análise no ISEG

O Instituto Superior de Economia e Gestão lança a 4.ª edição do curso executivo em Luxury Brand Management. Um sector que deverá chegar aos 400 milhões de consumidores em 2020.

A economia do luxo não deixa margem para dúvidas em relação à sua relevância e potencial: o número de consumidores de produtos de luxo triplicou nos últimos 20 anos, de cerca de 90 milhões em 1995 para 330 milhões em 2014.

A consultora Bain&Co estima que os consumidores de luxo vão chegar a 400 milhões em 2020 e a 500 milhões em 2030. Em causa, diz Helena Amaral, está "uma verdadeira explosão do mercado de luxo mundial".

A académica é professora convidada do ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão, que de 22 a 26 de Outubro realiza a 4.ª edição do curso executivo em Luxury Brand Management na capital portuguesa, Lisboa. O curso é coordenado ainda por Isabel Jorge de Carvalho (directora executiva da Global Press) e Paula Mateus (directora da Vogue Portugal), e dirige- se a profissionais do sector do luxo ou que estejam interessados em trabalhar nesta área, empresários, directores-gerais, directores de marketing, directores criativos, gestores de produto, gestores de comunicação, entre outros.

Em entrevista ao Expansão, a docente revela que, em termos de volume de vendas, as estimativas diferem consoante as definições do que deverá ser incluído neste sector, com a "Boston Consulting Group a avaliar as vendas de luxo de 2014 em 1,8 triliões USD, enquanto a Bain&Co apresenta o valor de 1,1 triliões USD. Se a nível mundial não há consenso em relação aos números, em relação aos mercados de Portugal e Angola há ainda mais dificuldade em definir e quantificar a dimensão do mercado de luxo."

Este curso, que logo na primeira edição contou com a participação de uma aluna angolana, ligada ao mercado da joalharia, apresenta uma abordagem pedagógica inovadora, que combina a teoria com uma real experiência do mundo do luxo. Os participantes terão acesso exclusivo a oradores internacionais convidados, como a princesa Masha Magaloff e Assunta Jiménez-Ontiveros, directora de relações públicas da Chanel para Portugal e Espanha, entre outros, analisando case studies de diversos sectores do luxo.

Depois do grande sucesso das três primeiras edições, onde estiveram presentes mais de 80 alunos, e do grande número de interessados que não tiveram oportunidade de participar devido ao número restrito de vagas, o ISEG decidiu avançar com esta 4.ª edição, visto que o mercado do luxo assume uma importância cada vez maior em Portugal.

O sector do luxo continua a exibir elevados níveis de rendibilidade e crescimento a nível mundial. Em Portugal, o mercado do luxo - tanto de produtos como de serviços - continua a crescer, em parte devido ao fluxo de investimento e turismo neste segmento. Com maior visibilidade, destacam- se as marcas de luxo que continuam a abrir lojas próprias nas zonas premium de Lisboa e Porto.

Menos visíveis são os recordes de vendas das marcas de luxo - desde a relojoaria e joalharia ao mercado automóvel e imobiliário. "O mercado de luxo de clientes angolanos em Portugal é significativo, e esse é um dos temas abordados ao longo do curso", refere Helena Amaral Neto, que, questionada sobre uma possível edição em Angola, diz não haver nada previsto, apesar de o ISEG ter acordos de parceria, há alguns anos, com as universidades Agostinho Neto, José Eduardo dos Santos e Saber Angola.

Luxury Brand Management Executive Course

O quarto curso intensivo de quatro dias tem foco no marketing estratégico, onde serão abordados os temas principais da gestão dos produtos e serviços de luxo bem como o mercado de luxo em Portugal. Com um formato inovador, o curso tem como orador principal Carlos Ferreirinha, um dos maiores especialistas em marketing de produtos de luxo no Brasil, com 20 anos de experiência neste sector.

Ao longo dos dois primeiros dias do curso serão abordados temas fundamentais que darão uma perspectiva clara às diversas vertentes por trás das marcas de luxo, nomeadamente: A essência do luxo (história do luxo, produtos de luxo vs. serviços de luxo, metodologia flor do luxo e conceitos e atributos), o consumidor de luxo (segmentação e perfis, motivações de compra, neurociência aplicada ao consumo e revolução dos hábitos de consumo), marketing e estratégias das marcas (construir uma marca de luxo, identificação de paradigmas e riscos, extensões e portefólios de marca, entre outros) e o mercado de luxo em Portugal (por exemplo: análise histórica, análise do consumo e do consumidor de luxo e as suas tendências de futuro no país).

Para o terceiro dia está reservada uma novidade: o Luxury Day Maserati. Será um dia de imersão no sector automóvel de luxo, organizado em parceria com a marca italiana Maserati. Segundo Helena Amaral Neto, "a maior categoria de vendas é o lazer (que inclui hotelaria, restauração, cruzeiros, barcos, aviões), seguida do sector automóvel de luxo, e em terceiro lugar surgem os bens de luxo pessoais - inclui perfumaria e cosmética, joalharia e relojoaria, moda e acessórios, com vendas globais de 278 milhões USD em 2014".

No último dia, denominado Consulting Day, cada participante tem oportunidade para apresentar a sua empresa ou marca perante um painel com vários especialistas em diferentes áreas do luxo e de receber um serviço de consultoria personalizada.

 

 

 

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i