Director Carlos Rosado de Carvalho

Investidores do Dubai querem fazer fábrica de couro

Investidores do Dubai querem fazer fábrica de couro

Uma família de investidores residentes no Dubai pretende investir 550 mil USD para instalar em Angola uma unidade vocacionada para a exportação de pele animal em couro, de acordo com autorização do Ministério da Indústria.

A fábrica, denominada Tes Family e que deverá criar 20 postos de trabalho, será instalada no prazo de 18 meses no polo industrial de Viana, arredores de Luanda, de acordo com o despacho daquele ministério, do final de Maio, autorizando o contrato de investimento.

Os investidores, três familiares da Eritreia e com residência nos Emirados Árabes Unidos (Dubai), preveem uma capacidade instalada para produzir anualmente 30.000 peças de couro, atingindo 48% dessa marca no primeiro ano de laboração.

Desenvolver a actividade industrial angolana e transferir tecnologia e conhecimentos para o país são objectivos que constam deste contrato de investimento, que também prevê gerar um Valor Acrescentado Bruto (VAB) anual para o setor avaliado em mais de 343 mil USD.

No despacho assinado pela ministra da Indústria, Bernarda Martins, este investimento é considerado como "relevante para a indústria de couro e produtos de couro" de Angola.

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i