Director Carlos Rosado de Carvalho

A arte de triunfar

A arte de triunfar

É na luta quotidiana pelos nossos objectivos que aprendemos a entregar-nos às situações, sejam elas positivas ou negativas, sem medo nem hesitações, com o talento necessário e suficiente e capacidade intelectual, para ultrapassar todas as barreiras.

Não se nasce triunfador. Tornamo-nos triunfadores pelo esforço próprio e aprendizagem quotidiana.

DOS FRACOS NÃO REZA A HISTÓRIA
É hábito ouvirmos dizer que dos fracos não reza a história. Trata-se de uma grande verdade, se observarmos o exemplo de Lincoln que, entre 1831 e 1858, fracassou duas vezes nos negócios, perdeu sete vezes as suas diversas candidaturas, já não falando de uma crise nervosa em 1836, a meio de todo este percurso. Mas, finalmente, em 1860, é eleito presidente norte-americano - e claro que dele reza a história.
É na luta quotidiana pelos nossos objectivos que aprendemos a entregar-nos às situações, sejam elas positivas ou negativas, sem medo nem hesitações, com o talento necessário e suficiente e capacidade intelectual (falo de experiência consolidada), para ultrapassar todas as barreiras.

NÃO SE NASCE TRIUNFADOR


Tornamo-nos triunfadores pela luta quotidiana e pelo esforço próprio de aprendizagem, na entrega permanente ao desafio de melhoria contínua. A maior parte das pessoas faz esforços para triunfar, considerando que não o consegue porque tem azar.

Costuma dizer-se que sorte repetida é competência, pouca sorte repetida é incompetência. Falta-lhes determinação, vontade própria, pois, se o comprometimento é forte, nada pode justificar o fracasso.

SER TRIUNFADOR É UMA OPÇÃO PESSOAL
Ninguém tem sucesso de forma isolada. Para triunfar, é preciso criar à nossa volta uma energia ganhadora, contaminando os outros com ensinamentos e troca de experiências, aprendendo com as falhas para melhorar, gerar sintonia, entendimento, o alinhamento necessário e suficiente para que estejamos em Equipa.
Esta opção pessoal pelo triunfo vincula-nos a uma responsabilidade acrescida de aprender e ensinar, sabendo que uma caminhada começa sempre no primeiro passo e que qualquer caminhada deve ser calculada, muito embora muitas vezes sabendo que encontraremos "pedras pelo caminho".
Deus não nos fez perdedores. Somos nós que geramos as derrotas , na maior parte dos casos não as assumindo e de forma orgulhosa, muito menos aprendendo com elas. O desafio está em enfrentar com coragem e firmeza os problemas, aceitando o desafio de transformar uma ameaça numa oportunidade.

TRIUNFAR SIGNIFICA ULTRAPASSAR OS MAUS MOMENTOS, NADA NOS PODE DETER!
Os triunfadores sabem que os momentos difíceis não duram sempre. Nestes momentos de dificuldade, nada nos pode deter a não ser nós próprios, pois sempre temos a tendência de "barrar" o nosso próprio triunfo,
ficando sentados à espera, tantas vezes de forma cega pelo fracasso dos outros. Nada é tão importante como renunciar à hesitação.
O segredo do êxito está em nunca pensar sequer na derrota, palavra negra da vontade de um triunfador.

(Leia mais na edição do Expansão, de 10 de Junho)

*Consultor

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i