Director Carlos Rosado de Carvalho

TAAG não aceita pagamentos em Kz de bilhetes com início de percurso no exterior

TAAG não aceita pagamentos em Kz de bilhetes com início de percurso no exterior
Foto: DR

Os bilhetes de passagem da TAAG com destino a Angola e início do percurso no exterior passam a ser pagos em divisas convertíveis, confirmou o Expansão junto de fonte oficial da TAAG, que justifica a medida com a crise de divisas que o País enfrenta.

Ou, seja se alguém quiser comparar um bilhete Londres-Luanda-Londres terá de fazer o pagamento em divisas. Só poderá pagar em kwanzas se o voo for Luanda-Londres-Luanda.

"A medida foi adoptada em função da crise de divisas que o País vive. Os custos operacionais da TAAG no exterior são pagos em divisas [e a empresa não consegue as divisas em Angola para transferir apara o exterior e pagar aos fornecedores]", explicou ao Expansão Carlos Vicente, do gabinete de comunicação e imagem da companhia de bandeira.

A TAAG segue assim as companhias estrangeiras que operam no País, que justificaram a decisão com impossibilidade de repatriar as receitas dos bilhetes pagos em kwanzas.

De acordo com dados da IATA, organização internacional do sector aéreo, no início de Junho, Angola era o quinto País do mundo com mais receitas das companhias de aviação retidas: 237 milhões USD, após sete meses sem transferências. A lista era liderada pela Venezuela com 3.180 milhões USD acumulados durante 16 meses.

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i