Director Carlos Rosado de Carvalho

Sector empresarial público registou prejuízo global de 267 milhões USD em 2015

Sector empresarial público registou prejuízo global de 267 milhões USD em 2015

As 53 empresas do Sector Empresarial Público (SEP) que apresentaram contas relativas a 2015 registaram prejuízos de 267 milhões USD, que comparam com lucros de 1.130 milhões USD contabilizados pelas 57 empresas que apresentaram contas em 2014, de acordo com cálculos do Expansão a partir de dados do Instituto para o Sector Empresarial Público (ISEP).

Esta é a primeira vez desde que se iniciou a cerimónia de homologação das contas do SEP, em 2012 com contas de 2011, que o conjunto das empresas públicas ou dominadas pelo Estado que reportaram contas apresentam prejuízos. O que não significa que o que a saúde financeira do SEP fosse boa em anos anteriores.

Se o SEP escapou de prejuízos antes de 2015 deve agradecer à Sonagol. A situação é simples de explicar. Os lucros gerados pela Sonangol, inflacionados pelos elevados preços do petróleo, esconderam, anos a fio, os prejuízos dos outros sectores.

Veja-se o caso de 2014. Neste ano as empresas do SEP, excluindo a Sonangol, registaram prejuízos de cerca de 241 milhões USD. Prejuízos que foram mais do que compensados pelos lucros de 1,4 mil milhões USD da petrolífera.

Feitas as contas, em 2014, as 57 empresas do SEP que apresentaram contas contabilizaram lucros de 1,1 mil milhões USD.

Em 2015, os lucros das empresas públicas ou controladas pelo Estado passaram a prejuízos. Excluindo a Sonangol, as 53 empresas do SEP que apresentaram contas reportaram prejuízos de 616 milhões USD. A petrolífera continuou a registar lucros, mas como estes não ultrapassaram os 349 milhões USD, o conjunto do SEP entrou no vermelho com os referidos prejuízos de 267 milhões USD.

O volume avultado do prejuízo líquido provocado pelo sector empresarial público em 2015 está conectado, sobretudo, à queda do preço do petróleo no mercado internacional e a desvalorização do Kz pelo banco central, de acordo com o presidente do conselho de administração do ISEP, Henda Inglês.

(Leia a notícia na íntegra na edição 388 do Expansão, de sexta-feira 16 Setembro 2016, em papel ou versão digital com pagamento em kwanzas)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i