Director Carlos Rosado de Carvalho

Ricardo Viegas d'Abreu é o novo homem forte do BPC

Ricardo Viegas d'Abreu é o novo homem forte do BPC

Os accionistas do Banco de Poupança e Crédito (BPC) exoneraram, na sexta-feira passada, o Conselho de Administração e a Comissão Executiva do maior banco estatal, liderado por Cristina Florência Dias Van-Dúnem e Zinho Baptista, respectivamente, adiantou ao Expansão fonte ligada ao processo. Para ocupar ambas as vagas foi nomeado o bancário Ricardo Viegas d'Abreu, antigo vice-governador do BNA.

Notícia actualizada às 18h23 com os nomes dos Novos Membros dos Órgãos Sociais do BPC

A administração que tomou posse há cinco meses foi assim destituída pelos accionistas do banco, cujo capital social é 100% do Estado.

A nomeação de Ricardo d'Abreu para ocupar os dois cargos, designadamente o de PCA e CEO do BPC, só foi possível depois de os accionistas do banco analisarem, em assembleia universal, o modelo de governação do BPC, onde através de uma deliberação com 7 pontos concretos decidiram nomear um conselho de administração composto por 11 membros, "dos quais sete integram a Comissão Executiva, cujo presidente passa a ser o PCA", explica um documento a que o Expansão teve acesso.

Segundo soube o Expansão, na nova equipa que vai dirigir os destinos do banco estatal durante o quadriénio 2017 a 2021 permanecem o economista Pedro Pitta Groz, Carlos Rodrigues, como administradores executivos, ao passo que para não executivos ficam Alcides Safeca e Djamila de Almeida.

Os accionistas do BPC aprovaram, igualmente, "o aumento do capital social do banco público no valor de 90 mil milhões Kz, a realizar por todos os accionistas na proporção da sua participação", indica o ponto 1 do documento em posse do nosso jornal.

"Dada a elevada importância sistémica do BPC no sistema financeiro, bem como na sua estabilidade, os accionistas acreditam que estão criadas as condições para devolver ao BPC a sua reputação e rentabilidade nos próximos exercícios", aponta o documento que refere que estiveram presentes na reunião de accionistas o Ministro das Finanças, Archer Mangueira, em representação do Estado, Sebastião Mixinge, pelo Instituto Nacional de Segurança Social e Jacinto Cavungo pela Caixa da Segurança Social das FAA. Também esteve presente o governador do BNA, Valter Filipe.

O Expansão solicitou esclarecimentos ao Ministério das Finanças mas não obteve resposta em tempo útil.

Como o Expansão noticiou na semana passada, o Governo tinha colocado a administração do BPC em gestão corrente, ordenando a suspensão das operações de venda de moeda estrangeira, das transferências de divisas para o exterior e de todas as operações de crédito (saiba mais aqui).

Novos Membros dos Órgãos Sociais para o quadriénio de 2017 a 2021:

Mesa da Assembleia dos Accionistas:

Abílio de Almeida Gomes - Presidente da Mesa da Assembleia de Accionistas;

José Manuel Chivala - Vice Presidente da Mesa da Assembleia de Accionistas;

Daniel Mateus Fio- Secretário Conselho de Administração:

Eleição de novos membros, a saber:

Presidente do Conselho de Administração (PCA) e Presidente da Comissão Executiva (PCE) - Ricardo Daniel Sandão Queirós Viegas D"Abreu

Administradores Executivos: Carlos Manuel de Carvalho Rodrigues; Pedro Sérgio da Costa Pita-Groz; Marília de Fátima Trindade Viana Poças; Adilson Gabriel Alves Catala; Luis Henriques Fernandes; Óscar Rodrigues

Administradores Não Executivos :

Júlio Ângelo da Cruz Correia; Alcides Horácio Frederico Safeca; Djamila Huguete da Silva de Almeida Prata; Nayole Cristina Cohen dos Santos (Administradora não Executiva, Independente)

Conselho Fiscal:

Jorge Pedro Gonçalves de Carvalho Figueira - Presidente;

Licínio de Freitas Vaz Contreiras - Vogal;

Márcio de Jesus Lopes Daniel - Vogal.

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i