Director Carlos Rosado de Carvalho

Economia angolana vai crescer à média anual de 1,4% até 2021

Economia angolana vai crescer à média anual de 1,4% até 2021

A economia angolana vai crescer ao ritmo médio anual de 1,4% entre 2017 e 2021, de acordo com projecções do Fundo Monetário Internacional (FMI) inscritas nas Perspectivas Económicas Mundiais de Primavera divulgadas esta semana pela instituição, que revêem em forte baixa, para pouco mais de metade, as previsões divulgadas no Outono que apontavam para um crescimento médio anual de 2,7%.

Os números da Primavera para Angola, que seguem os divulgados em Janeiro com o relatório ao abrigo do artigo IV, apontam para um crescimento de 1,3% este ano, menos 0,2 pontos percentuais (pp) do que os 1,5% antecipados no Outono. Os cortes no crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) angolano vão crescendo ao longo do horizonte das projecções até atingirem um máximo de 2,1 pp em 2021. Nesse ano, o crescimento não deverá ultrapassar 1,4%, contra os 3,5% previstos há seis meses.

Apesar da revisão em baixa, as projecções do FMI continuam a apontar para uma aceleração do crescimento de 0% em 2016, para 1,3% em 2017, e 1,5%, em 2018, mantendo-se entre 1,4% e 1,5% a partir deste ano.

(Leia o artigo na integra na edição 418 do Expansão, de sexta-feira 21 de Abril de 2017, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i