Director Carlos Rosado de Carvalho

Mais de 500 unidades hoteleiras e similares em falência técnica

Mais de 500 unidades hoteleiras e similares em falência técnica

Das mais de 3 mil empresas que desenvolvem actividade no sector da hotelaria, cerca de 17% corre sérios riscos de encerrar actividade. As dificuldades de acesso a divisas e as multas dos juros de mora estão a tornar o negócio inviável e a levar muitos funcionários para o desemprego.

Mais de 500 unidades hoteleiras e similares, cerca de 17%, de um universo de 3 mil empresas registadas do sector hoteleiro, estão em falência técnica, segundo os dados da Associação dos Hotéis e Resorts de Angola (AHARA).

A associação garante que a situação económica actual do País está a atirar várias empresas do sector hoteleiro e turístico para a falência, provocando o despedimento de milhares de profissionais.

Em causa, aponta a AHARA, está a quase paralisação da economia que tem proporcionado taxas de ocupação muito baixas, que ronda os 20% diários, uma situação que consideram "catastrófica" para os investidores.

(Leia o artigo na integra na edição 419 do Expansão, de sexta-feira 28 de Abril de 2017, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i