Director Carlos Rosado de Carvalho

"Não se pode depender de uma só fonte de rendimento"

"Não se pode depender de uma só fonte de rendimento"

Nsoki Neto lançou um projecto musical que apela à unidade entre os países africanos. Em entrevista ao Expansão, a cantora menciona que é um risco para qualquer país depender de uma única fonte de rendimento e destaca a necessidade de se investir no capital humano.

Quando e como surgiu a paixão pela música?

Eu canto desde a minha infância. Sempre participei em peças teatrais, grupos corais, sempre fui muito curiosa em relação a tudo o que tem a ver com a música. Já cantei em bares, igrejas, mas de forma comercial foi em 2012, com o lançamento da minha primeira música, Meu Anjo. Por isso, considero o início da minha carreira em Agosto de 2012, porque foi o mês em que eu lancei o meu primeiro single.

Fale-nos do seu novo projecto internacional?

Trata-se do projecto "África United". Já lancei o single no mercado e conta com a produção do Dj Maphorisa e Dj Paulo Alves. "África United" fala sobre a necessidade de união, irmandade, paz e amor entre os países africanos, através da música e da dança. A música do projecto tem uma sonoridade diferente daquilo que tenho vindo a trazer para o mercado. É uma fusão de ritmos electrónicos africanos de house, hip hop e é cantada em inglês. É uma música que está a ser promovida, não só em Angola, mas também em todo o continente africano e já começo a ter bastante feedback, não só do público angolano, mas também do público africano, em geral.

(Leia o artigo na integra na edição 425 do Expansão, de sexta-feira 09 de Junho de 2017, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i