Director Carlos Rosado de Carvalho

Transferências e cartões lideram reclamações bancárias

Transferências e cartões lideram reclamações bancárias

O Banco Nacional de Angola recebeu, nos primeiros seis meses de 2016, um total de 6.155 reclamações, que corresponde a uma diminuição de 5,28% em relação ao período homólogo de 2015. Os bancos privados nacionais são os principais alvos, com as transferências e os cartões internacionais a liderarem as queixas.

A redução dos limites de carregamento dos cartões de pagamento da rede internacional, bem como as dificuldades na realização de operações de transferência para pagamento de mercadorias e invisíveis correntes lideram as reclamações remetidas ao Banco Nacional de Angola (BNA), como revela o Relatório de Estabilidade Financeira do banco central, referente ao primeiro semestre de 2016, período em que foram reportadas 6.155 queixas.

Neste período, registou-se uma diminuição do número de reclamações, na ordem dos 5,28%, com uma trajectória descendente ao longo do semestre. Um indicador positivo do relatório do Banco Nacional de Angola, que tem por base as reclamações apresentadas directamente às instituições financeiras bancárias e reportadas ao supervisor.

(Leia o artigo na integra na edição 431 do Expansão, de sexta-feira 21 de Julho de 2017, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i