Director Carlos Rosado de Carvalho

Novas tecnologias e inovação no sector segurador

Novas tecnologias e inovação no sector segurador

Olhando em particular para a realidade do Continente Africano, onde existem grandes constrangimentos ao nível de infraestruturas básicas, condições de vida e nível educacional das populações, é inevitável perguntar se será adequado equacionar as novas tecnologias como opção estratégica para o sector segurador.

Os desafios internos de melhoria da eficiência operacional têm forçado as companhias a adoptar como prioridade estratégica a sua transformação digital. Assim, no contexto global, os avanços tecnológicos no sector segurador têm sido apreciáveis, muito em resultado do surgimento de novos players disruptivos no sector, as denominadas "InsurTechs".
Olhando em particular para a realidade do Continente Africano, onde existem ainda grandes constrangimentos ao nível de infraestruturas básicas, condições de vida e nível educacional das populações, é inevitável perguntar se será adequado equacionar as novas tecnologias como opção estratégica para o sector segurador.
De facto, o desenvolvimento tecnológico está sempre condicionado pelo ambiente externo, onde as infraestruturas, a estabilidade política e a educação desempenham um papel fundamental na criação de barreiras à entrada de novas tecnologias.
O estágio de desenvolvimento do País condiciona inevitavelmente a adopção de novas tecnologias. No entanto, não quer dizer que não exista espaço e oportunidades associadas à adopção de novas tecnologias, mas será sempre uma adopção de cariz e especificidade diferenciados, face à que é realizada nos restantes continentes.

* Management Consulting Senior Manager de FS Advisory da PwC

(Leia o artigo na integra na edição 438 do Expansão, de sexta-feira 08 de Setembro de 2017, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i