Director Carlos Rosado de Carvalho

Sustentabilidade compromisso inevitável com o futuro

Sustentabilidade compromisso inevitável com o futuro

Os desafios permanentes de mudança vinculam o ser humano a desafios de adaptação e preservação da natureza, única forma de garantir uma liberdade que, ao invés de condicional, transforma a vida num desafio permanente.

A manutenção do estilo de vida actual e as perspectivas de um melhor uso dos recursos naturais, históricos e culturais pelas gerações futuras levaram à utilização do termo sustentabilidade como a capacidade de garantir o uso adequado dos recursos globais, com vista à satisfação das necessidades das gerações actuais e futuras.
Sustentar significa suportar, manter estável, garantir a estabilidade. É este desafio que permitirá garantir que as pessoas, nos momentos actuais e futuros, atingirão um nível satisfatório de desenvolvimento social, económico e de realização humana e cultural, procurando, ao mesmo tempo, fazer um uso razoável dos recursos da terra, preservando as espécies e os habitats naturais.
Considera-se, assim, a necessidade de equilíbrio entre o ambiental, o económico e o social, sabendo que o ser humano é actor e responsável por todos eles.
Neste desafio de equilíbrio entre o desenvolvimento humano e a preservação ambiental conta o papel das empresas e a sua capacidade de garantir uma actividade que envolva colaboradores e parceiros, neste processo de desenvolvimento visível (que garante qualidade de vida), viável (que é possível e concretizável) e justo (que garante que as dimensões social e económica coabitam em respeito mútuo).

(Leia o artigo na integra na edição 438 do Expansão, de sexta-feira 08 de Setembro de 2017, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i