Director Carlos Rosado de Carvalho

Fisco aperta cerco aos empresários incumpridores e anuncia penhoras

Fisco aperta cerco aos empresários incumpridores e anuncia penhoras

A autoridade Tributária voltou a apelar à necessidade das empresas angolanas a cumprirem com as suas obrigações fiscais. A Administração Geral Tributária anunciou que vai avançar ao último estágio de cobrança de impostos que é a penhora pois muitos empresários deixaram cumprir obrigações.

A Administração Geral Tributária (AGT) vai aumentar o controlo sobre as contribuições fiscais das empresas, com destaque para o Imposto Industrial e o Imposto Predial Urbano para garantir que o valor declarado todos os meses não está a ser inferior ao previsto, avançou ao Expansão, o administrador da AGT, Dinis Dungo.
O responsável adiantou que o País está a modernizar e a melhorar o sistema fiscal com o objectivo de aumentar as receitas fiscais.
Falando á margem do primeiro Fórum Alargado entre a AGT e a Associação das Empresas de Distribuição Moderna (Ecodima), que decorreu esta semana, relativamente à fraude e evasão fiscal o gestor garantiu que o Ministério das Finanças, através da AGT, reforçou o cruzamento de informações fiscais dos contribuintes, uma medida que tem contribuido para o aumento das receitas.
Dinis Dungo lembrou, por outro lado, que para aumentar a eficiência, o País deve implementar um sistema automático de colecta de impostos para verificar se o valor pago pelas empresas e contribuintes singulares, está de acordo, tendo em conta a sua real situação.
Segundo o mapa de receitas fiscais de 2016, Angola arrecadou mais de 2,6 biliões Kz nos diferentes impostos.

(Leia o artigo na integra na edição 439 do Expansão, de sexta-feira 15 de Setembro de 2017, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i