Director Carlos Rosado de Carvalho

Publicação de relatórios em atraso é desafio do "próximo" governador do BNA

Publicação de relatórios em atraso é desafio do "próximo" governador do BNA

Quer o Banco Nacional de Angola, quer o Instituto Nacional de Estatística têm em atraso a publicação de quatro relatórios cada, com os prazos estabelecidos já "queimados" há vários meses.

Um dos desafios do próximo governador do Banco Nacional de Angola, a ser nomeado juntamente com o novo Governo, será o de criar condições para que o banco central publique atempadamente relatórios cuja publicação a 22 de Setembro (fecho de edição do Expansão) se encontrava em atraso.
Por exemplo, a Balança de Pagamentos anual de 2016, cuja publicação deveria ter ocorrido até sete meses após o encerramento do ano findo, ou seja, em Julho deste ano, ainda não foi publicada. Relativamente ao Relatório e Contas, ao Relatório de Estabilidade Financeira Anual e ao Relatório de Inflação do IV Trimestre de 2016, apesar de não estar definido um prazo concreto, o tempo decorrido sugere que as publicações estão igualmente em atraso (ver quadro ao lado).
O Expansão solicitou esclarecimentos ao Banco Nacional de Angola, mas não obteve resposta até ao fecho de edição, no entanto, uma fonte confirmou que até 29 de Setembro, estes documentos deverão estar disponíveis na página da internet do banco central.

(Leia o artigo na integra na edição 440 do Expansão, de sexta-feira 22 de Setembro de 2017, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i