Director Carlos Rosado de Carvalho

Qual o lugar da segurança alimentar e nutricional na governação do Presidente João Lourenço?

Qual o lugar da segurança alimentar e nutricional na governação do Presidente João Lourenço?

A ENSAN, enquanto instrumento de política pública, definiu as bases para a criação do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSAN) como órgão máximo de diálogo e negociação política.

Em 2009, o Governo de Angola aprovou e apresentou em Roma, na Cimeira Mundial de Segurança Alimentar, a Estratégia Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (ENSAN 2009-2013) que surgiu na sequência de uma ampla mobilização da sociedade civil e apoio técnico do Fundo das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). A ENSAN, enquanto documento de política pública, esteve sujeita a um processo de consulta pública que incluiu a realização de seminários provinciais. Além disso, o processo de formulação beneficiou das experiências vindas dos Países de Língua Oficial Portuguesa, sobretudo do Brasil.
Em termos estratégicos, pretendeu-se com a ENSAN promover a coordenação e articulação de todas as iniciativas em matéria de segurança alimentar e nutricional, estimular uma ampla e diversificada participação dos intervenientes a todos os níveis, facilitar o diálogo e a concertação social, mobilizar financiamentos e promover sinergias em prol da eficácia do combate à insegurança alimentar e à vulnerabilidade no país.

(Leia o artigo na integra na edição 441 o Expansão, de sexta-feira 29 de Setembro de 2017, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i