Director Carlos Rosado de Carvalho

Angola está nos 10 piores países do ranking da boa governação

Angola está nos 10 piores países do ranking da boa governação

Alguns dos piores desempenhos de Angola nos últimos cinco anos surgem nos indicadores relativos à instabilidade social, violência política, liberdade de expressão, liberdades civis, equilíbrio das contas públicas, procedimentos alfandegários e vacinação.

Angola volta a figurar no 45.º lugar do Índice Ibrahim de Boa Governação Africana 2017, num total de 54 países, com os piores desempenhos do País a incidirem nos indicadores relativos à instabilidade social, violência política, liberdade de expressão, liberdades civis, equilíbrio das contas públicas, procedimentos alfandegários e vacinação.
Apesar de o País ter subido na pontuação relativamente ao relatório anterior, passando de 39,2 pontos para 39,4 pontos, o documento da Fundação Mo Ibrahim relativo ao ano de 2016 aponta para uma trajectória positiva em desaceleração, ou seja, o ritmo de crescimento dos últimos cinco anos de Angola nas quatro categorias do relatório é inferior ao da última década (entre 2007 e 2016). Dos 54 países, 40 encontram-se nesta situação.
Nos últimos cinco anos Angola estagnou o progresso na categoria de "Segurança e Estado de Direito", com regressão em aspectos como "independência judicial", "diversificação de fundos públicos", "instabilidade social" e "violência política". No entanto, nesta categoria, apresentou melhorias em "direitos de propriedade", "serviços públicos online", "combate à corrupção e burocracia" e combate ao "tráfico humano".

(Leia o artigo na integra na edição 449 do Expansão, de sexta-feira 24 de Novembro de 2017, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i