Director Carlos Rosado de Carvalho

Exames de admissão ao ensino superior custam entre 4 e 15 mil kz

Exames de admissão ao ensino superior custam entre 4 e 15 mil kz
Foto: César Magalhães

A Universidade Católica de Angola (UCAN) é, com grande diferença, a instituição de ensino superior que cobra o valor mais alto pelo exame de admissão. Na maior parte, a taxa de inscrição ronda os 5 mil Kz. A UCAN é a mais cara com 15 mil Kz. A UAN e o ISPTEC têm o valor mais baixo: 4 mil Kz.

A inscrição para o exame de admissão numa instituição de ensino superior custa entre 4 a 15 a cinco mil kz, com a Universidade Católica, distanciada, no topo das mais caras, constatou o Expansão durante uma ronda pelas várias universidades. Valor que duplica, se tivermos em conta que, na maior parte, os candidatos optam por concorrer a dois cursos.
Carla Ceita, directora para os assuntos académicos da Universidade Católica de Angola UCAN explicou que a instituição cobra 15 mil kz por cada curso, embora haja uma redução de 5% para os que pretendam concorrer a dois cursos. Nesse caso, "o candidato paga 25 mil kz", esclarece a responsável para a área académica.
Neste ano lectivo, a UCAN tem disponíveis 1.600 vagas, distribuídas pelas várias áreas: Ciências Sociais e Humanas, com 600 lugares,; Ciências Exactas e Económicas, 480; e Ciências Físicas, com 520 vagas disponíveis, tendo um aumento de 100 vagas.
Já a Universidade Agostinho Neto (UAN) tem o valor de inscrição para exame de admissão mais baixo. Aqui são cobrados 4 mil por curso e 6 mil kz por dois, se forem pagos ao mesmo tempo num único documento [talão de depósito ou de transferência].

(Leia o artigo na integra na edição 454 do Expansão, de sexta-feira 05 de Janeiro de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)


Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i