Director Carlos Rosado de Carvalho

BIC, BFA e Económico ficaram com 38% das divisas

BIC, BFA e Económico ficaram  com 38% das divisas

O BIC arrebatou 41,4 milhões EUR, seguido do BFA com 35,2 milhões EUR e do Económico com 27,6 milhões EUR, de acordo com uma listagem do BNA obtida pelo Expansão. Quatro dos 26 bancos ficaram a zeros.

O Banco Internacional de Crédito (BIC), o Banco de Fomento Angola (BFA) e o Banco Económico (BE) ficaram com 104,1 milhões de EUR dos 274,2 milhões EUR vendidos pelo Banco Nacional de Angola (BNA) nos leilões de divisas de 23 e 30 de Abril, de acordo com duas listagens obtidas pelo Expansão.
O BIC arrebatou 41,4 milhões EUR, seguido do BFA com 35,2 milhões EUR e do BE com 27,6 milhões EUR. Feitas as contas, os três bancos comerciais compraram o equivalente a 38% dos valores leiloados.
O Banco Angolano de Investimentos (BAI) com 25 milhões EUR e o Standard Bank Angola (SBA) com 23,8 milhões EUR completam o top cinco. (Re)feitas as contas para os cinco maiores compradores de divisas, o quinteto adquiriu 153 milhões EUR ao BNA, o equivalente a 55,8% do total colocado pelo banco central nos dois últimos leilões de Janeiro.
De acordo com as listagens obtidas pelo Expansão, os dois leilões contaram com a participação de 26 dos 29 bancos autorizados a operar em Angola, sendo que no dia 23 foram contemplados 17 bancos e, no dia 30, estiveram 18 bancos. Não entraram na corrida aos euros o Banco Mais, o Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA) e o Banco da China.


(Leia o artigo na integra na edição 458 do Expansão, de sexta-feira 02 de Fevereiro de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i