Director Carlos Rosado de Carvalho

Saber ser

Saber ser

No futuro estarão no mercado as empresas que entenderem que a sua diferenciação, passa pela valorização humana permanente, apostando e implementando estratégias de formação e desenvolvimento ajustadas aos diferentes tipos de desafios.

A formação adequada dos recursos humanos é uma ferramenta essencial para a estabilidade do quadro de colaboradores e seu adequado desempenho, bem como para a sua motivação e bem-estar, contribuindo, desta forma, para a melhoria do desempenho organizacional.
A crescente competitividade e o desafio à continuidade das empresas no mercado implica o acompanhamento das tendências do meio envolvente, sendo para tal imprescindível a dedicação de todos os trabalhadores.
Esta dedicação obtém-se a partir de três factores dominantes, o reconhecimento pessoal e a adequada retribuição, a valorização permanente dos resultados obtidos no desempenho e o crescimento na carreira.
Estas tendências, consequência de questões políticas, e de globalização de mercados, entre outras, levam a uma busca incessante da mudança nas organizações, podendo ser feitas de forma planeada ou emergente, tendo, regra geral, mais sucesso aquelas que são planeadas, pois integram e agilizam o plano de mudança de forma mais incisiva e atempada, apresentando, de igual modo, ideias mais coesas e estruturadas.
As mudanças emergentes, de igual modo conhecidas como radicais ou de improviso, são espontâneas e resultam dos esforços das pessoas para responderem aos desafios com que a organização se vai confrontando.

(Leia o artigo na integra na edição 461 do Expansão, de sexta-feira 23 de Fevereiro de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i