Director Carlos Rosado de Carvalho

Receita fiscal com a venda de diamantes caiu 41% em Janeiro para 1,3 mil milhões Kz

Receita fiscal com a venda de diamantes  caiu 41% em Janeiro para 1,3 mil milhões Kz
Foto: César Magalhães

Angola beneficiou do aumento do preço do quilate no mercado internacional para 136,24 USD para conseguir vendas superiores a 84,5 milhões USD em Janeiro.

Angola arrecadou em Janeiro 1,3 mil milhões Kz em receitas fiscais com a venda de diamantes, menos 41% face a igual período de 2017, quando o valor se fixou nos 2,2 mil milhões Kz.
Os 1,3 mil milhões USD foram arrecadados com a venda de 620 mil quilates de diamantes ao preço de médio de 136,24 USD.
A informação consta do relatório mensal da Direcção de Tributação Especial do Ministério das Finanças (Minfin) publicado na semana passada. O documento revela que, em termos de vendas globais, o País atingiu os 84,5 milhões USD, mais 16,0%, comparativamente a Janeiro do ano passado, quando foram vendidos 72,9 milhões USD.
Angola exportou 620.485 quilates de diamantes durante o período em análise, a um preço médio por quilate de 136,24 USD, o segundo valor mais alto desde Outubro de 2016, revelam os dados do Minfin. A cotação média de cada quilate de diamante exportado por Angola só foi ultrapassada, desde Outubro de 2016, pelo registo de Novembro passado, quando atingiu os 138,60 USD. A comercialização de diamantes representou vendas brutas de cerca de 1.100 milhões USD em 2017, indica o relatório anual do Minfin.

(Leia o artigo na integra na edição 466 do Expansão, de sexta-feira 29 de Março de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i