Director Carlos Rosado de Carvalho

Governo confirma envolvimento de Zenú nos 500 milhões

Governo confirma envolvimento de Zenú nos 500 milhões

Comunicado inédito pede à PGR para que actue contra os implicados na alegada "operação fraudulenta" que envolve o nome do filho do ex-Presidente da República. O Expansão contactou o advogado de José Filomeno dos Santos, Bangula Quembo, que se escusou a comentar o caso alegando "o segredo de justiça".

Duas semanas depois da Procuradoria-Geral da República (PGR) ter constituído arguido o ex-presidente do Fundo Soberano, José Filomeno dos Santos "Zenú", o primeiro filho varão do ex-Presidente e líder do MPLA, José Eduardo dos Santos, e o ex-governador do Banco Nacional de Angola (BNA), Valter Filipe, o Executivo veio a público, pela primeira vez, pronunciar-se sobre os contornos deste processo que terá lesado o Estado em vários milhões de dólares, através de um esquema com contornos supostamente fraudulentos.
No comunicado publicado no site do Ministério das Finanças, o Governo do Presidente João Lourenço começa por esclarecer "a verdade dos graves factos" ocorridos pouco antes da realização das eleições gerais que tiveram lugar em Agosto último, afirmando que "a empresa Mais Financial Services, administrada pelo cidadão angolano Jorge Gaudens Pontes (PCA do Banco Mais) e auxiliado por José Filomeno dos Santos, propôs ao Executivo a constituição de um Fundo de Investimento Estratégico que mobilizaria 35 mil milhões USD para o financiamento de projectos considerados estratégicos para o país".
A proposta envolvia ainda a criação de um outro fundo, que se designaria Fundo de Moeda Externa, cuja função seria a colocação semanal nos cofres do BNA "uma quantia de 300 milhões USD para atender às necessidades do mercado cambial interno por um período de 12 meses", um valor que, de acordo com contas do Expansão, corresponde ao dobro das divisas leiloadas semanalmente pelo BNA aos bancos comerciais desde o início do ano.


(Leia o artigo na integra na edição 468 do Expansão, de sexta-feira 13 de Abril de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i