Director Carlos Rosado de Carvalho

Mais de 200 expositores expõem na VII Feira da Banana

Mais de 200 expositores expõem na VII Feira da Banana
Foto: Quintiliano dos Santos

A redução dos custos de produção na agricultura é a prioridade. A falta de crédito agrícola é outro constrangimento à produção.

Mais de 200 expositores estão presentes na VII edição da Feira da Banana, na província do Bengo, uma bolsa de negócios que reúne até sábado, dia 16, empresas dos diferentes sectores, com destaque para a agricultura, pecuária e banca.
A montra, patente durante três dias, é apontada pelos expositores como oportunidade para estabelecer parcerias, visando o crescimento do sector agrícola.
O ministro da Agricultura, Marcos Nhunga, reconheceu o aumento dos indicadores da produção nacional. No seu entender, um dos grandes constrangimentos do sector, prende-se com a falta de uma política de crédito agrícola consistente e garantiu que o Governo está a trabalhar para criar novos programas de financiamento à agricultura.
Marcos Nhunga, que falava na abertura da VII edição da Feira da Banana, referiu também que estão em curso incentivos para que a mecanização agrícola seja um facto, apesar da desactivação da Mecanagro, única empresa pública que se dedicava à preparação da terra para cultivo em grande escala. O governante revelou que a subvenção aos combustíveis para agricultura está em discussão e tudo indica que no segundo semestre será fixada uma quota para o apoio directo ao sector.

(Leia o artigo na integra na edição 477 do Expansão, de sexta-feira 15 de Junho de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i