Director Carlos Rosado de Carvalho

Sociedade Mineira do Chitotolo acusa SODIAM de trocar diamantes para venda

Sociedade Mineira do Chitotolo acusa SODIAM de trocar diamantes para venda

A Sociedade Mineira do Chitotolo, que opera na Lunda Norte, em depósito secundário, acusa a Sociedade de Comercialização de Diamantes de Angola (SODIAM) de "trocar diamantes" de maior valor por outros de menor valor, entregues num lote pela sociedade para a posterior venda.

A informação consta de uma carta datada de 12 de Junho, a que o Expansão teve acesso, dirigida ao presidente do conselho de administração da SODIAM, Bravo da Rosa. "No passado dia 12 de Junho a nossa avaliadora Svetlana apercebeu- se de diferenças nas pedras que compunham a fracção de 6Ct, tendo reparado que eram mais escuras e de menor qualidade. Prontamente agiu em conformidade, junto do Corpo de Segurança que se encontrava na sala de avaliação", refere o documento.

A empresa revela, no documento, que cumpriu com todos os procedimentos exigidos à actividade de produtor de diamantes, incluindo "fotografias tiradas na Central de Escolha da mina dos lotes enviados a Luanda". Posteriormente, assim que o lote chegou a Luanda foi pesado e fotografado, cumprindo assim a segunda fase dos procedimentos para a venda e certificação de diamantes.

(Leia o artigo na integra na edição 481 do Expansão, de sexta-feira 13 de Julho de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui).

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i