Director Carlos Rosado de Carvalho

"Nossa crise já não é só financeira, passa pela mudança de mentalidade"

"Nossa crise já não é só financeira, passa pela mudança de mentalidade"

Mwana Áfrika sempre se orgulhou da sua africanidade, tanto que estreou uma oficina cultural sobre África nos intervalos dos canais da TPA. Quanto à crise, diz que serviu de incentivo. E, numa altura em que todos fogem de Angola, decidiu apostar no País.

Tem agora um espaço de curiosidade sobre África nos canais da TPA. Quer contar-nos os detalhes? Oficina Cultural é uma rubrica de 3/4 minutos, onde a cada episódio damos uma "mini aula" sobre África. Vamos às origens e mostramos a verdadeira África: povos, etnias, danças, canções, trajes, línguas, tradições, crenças, ciência e muito mais. "Mwana Áfrika" quer dizer "Filho(s) de Africa em várias línguas africanas, designadamente: cokwe, kikongo, swahili, zulu, ronga, lingala. O Programa é produzido por "Mwan"Afrika" - uma instituição de pesquisa, produção e promoção cultural.


Como foi desenhar este projecto de resgate da africanidade?
Desenhar este projecto foi algo muito prazeroso para mim. Sou apaixonada por África, na sua essência. Há alguns anos que ando preocupada com os problemas de África, sobretudo com o que os meios de comunicação social noticiam e com o que os ocidentais escrevem sobre o nosso continente. Em 2011, decidi começar a criar algo que mudaria as perspectivas de abordagem do continente. Três anos depois, surge "The Mwana Afrika" como Oficina Cultural nas ruas de Lisboa e, mais tarde, surgiu a necessidade de crescermos. Um dos exemplos da nossa expansão é o programa de televisão que começámos com algo muito pequeno na RTP África e agora na Televisão Pública de Angola.


É o resultado de um projecto antigo?
Sim. Mwana Afrika, enquanto oficina cultural e blogue, existe há algum tempo. A passagem para TV foi só consequência de um trabalho antigo.

(Leia o artigo na integra na edição 483 do Expansão, de sexta-feira 27 de Julho de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i