Director Carlos Rosado de Carvalho

Custos da guerra comercial em África mobilizam cimeira

Custos da guerra comercial em África mobilizam cimeira
Foto: D.R.

Qual o impacto da guerra comercial em África? A pergunta mobilizará as reuniões preparatórias da Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da SADC, que arrancam este sábado na Namíbia. A "guerra" visa os principais parceiros comerciais africanos: a China e a União Europeia e terá "implicações significativas" no continente.

O impacto da guerra comercial em África e as eleições no Zimbabué, com a oposição a contestar a vitória do Presidente Emmerson Mnangagwa, servem de pano de fundo à 38.ª cimeira de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), nos dias 17 e 18 de Agosto, em Windhoek, Namíbia.

Os dois assuntos estarão em foco nas reuniões ministeriais preparatórias da cimeira, que se realizam a partir de sábado, um dia depois do Comité Permanente de Altos Funcionários.

Com a guerra comercial entre os EUA e vários países a agravar-se na última semana, o Banco de Exportações e Importações Africano (Afreximbank) veio alertar para as "implicações significativas" no continente africano, uma vez que a guerra comercial tem como alvo dois dos principais parceiros comerciais de África: a China e a União Europeia, que "representam mais de 44% do comércio total de África em 2017".

(Leia o artigo integral na edição 485 do Expansão, de sexta-feira 10 de Agosto de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i