Saltar para conteúdo da página

EXPANSÃO - Página Inicial

Gestão

Transformação digital com automação inteligente

Em análise

A Automação Inteligente evolui da automação básica, para uma capacidade de aprendizagem contínua no processamento de todos os dados e decisões, de todas as interacções humanas e dos sistemas envolvidos - permitindo a identificação de novas oportunidades por via da analítica preditiva.

À medida que as organizações passam por uma metamorfose devido à transformação que a pandemia e o teletrabalho causaram, a automação tornou- -se uma necessidade transversal. Esta tornou-se um elemento essencial para a transformação das operações empresariais, permitindo a modernização das actividades humanas, a reinvenção das tarefas manuais e entrou nas mentalidades de todos os elementos das organizações. Com a necessidade da transformação, a adopção das tecnologias digitais deu origem a uma transformação digital, permitindo que as organizações tirem partido das tecnologias para a criação e evolução dos seus processos de negócio, mas também na evolução e transformação dos canais de comunicação e modelos operacionais com os seus clientes, por forma a atingir as novas necessidades dos negócios e das organizações.

Com esta evolução para um novo estágio de maturidade e com a capacidade de armazenamento menos onerosa para as organizações surge um novo activo na cadeia de valor, pois a informação e dados recolhidos transformaram-se no activo digital mais importante que as organizações possuem. Emergindo assim uma cultura de dados, decorrente das novas tecnologias que permitem uma maior velocidade, bem como a utilização em tempo real desses novos dados e informação nos processos nas organizações, disponibilizando fluxos de trabalho inteligentes e automatizados.

*Director de Technology Consulting da KPMG

(Leia o artigo integral na edição 657 do Expansão, de sexta-feira, dia 14 de Janeiro de 2022, em papel ou versão digital com pagamento em kwanzas. Saiba mais aqui)