Director Carlos Rosado de Carvalho

Angolanos investiram 50 vezes mais lá fora do que estrangeiros em Angola

Angolanos investiram 50 vezes mais lá fora do que estrangeiros em Angola
Foto: D.R.

Segundo dados do BNA, o investimento directo acumulado de angolanos (residentes cambiais em Angola) no estrangeiro foi de 30,3 mil milhões USD, dos quais, 22,8 mil milhões foram investimento directo, ao passo que 7,4 mil milhões USD representaram investimentos de carteira, ou seja, em títulos.

Os angolanos investiram 50 vezes mais no estrangeiro do que os estrangeiros em Angola no ano passado, excluindo o sector petrolífero e dos diamantes, segundo cálculos do Expansão a partir do relatório da Balança de Pagamentos e Posição do Investimento Internacional de Angola em 2017.

No ano passado, o investimento directo de Angola (IDA) no estrangeiro ascendia a 1.352 milhões USD, ao passo que o investimento directo estrangeiro (IDE) no País, fora o sector petrolífero e dos diamantes, não ultrapassou os 27,2 milhões USD, assinala o documento do banco central.

"A situação em causa é atípica", classificou o engenheiro e consultor empresarial Galvão Branco ao Expansão. Explicando, posteriormente, que a disparidade acentuada entre o IDA e o IDEA deve-se, essencialmente, ao facto de os investimentos estrangeiros directos em Angola no sector não petrolífero continuar a ser muito baixo.

Quanto ao investimento directo de angolanos lá fora, Galvão afirma que está concentrado em uma dúzia de operadores. "Esta não tem sido uma atitude que dependa de uma política dos empresários no geral mas, sim, de um pequeno grupo de operadores", adianta. (...)


(Leia o artigo integral na edição 491 do Expansão, de sexta-feira 21 de Setembro de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i