Director Carlos Rosado de Carvalho

Angola e Liderança

Angola e Liderança

Estes especialistas dizem que precisamos de mais líderes. Que existe uma falta de líderes e que urge que eles apareçam. Outra teoria é de que precisamos de melhores líderes. Melhores em quê? E para que efeito? E onde? E com que base se questiona a qualidade das lideranças existentes?

Nos dias de hoje, todos são especialistas em liderança. Todos falam sobre o tema, com a argúcia de quem teve experiências infinitas de como transformar pessoas, desenvolvê-las, alavancar e recuperar negócios, de liderar transformações organizacionais em ambientes multiculturais, entre muitas outras situações de enorme complexidade.

Ora, o grande problema é que a maior parte destas pessoas o que sabe é dos livros. E mesmo assim, muitas vezes, dos maus livros. Nem tão pouco se dedicam a obter formação adequada junto de especialistas de renome internacional, mas, na sua maioria, recorrem a especialistas da "banha da cobra".

Ainda pior é que estes especialistas dizem que precisamos de mais líderes. Que existe uma falta de líderes e que urge que eles apareçam. Outra teoria é de que precisamos de melhores líderes. Melhores em quê? E para que efeito? E onde? E com que base se questiona a qualidade das lideranças existentes?

Obviamente que, com isto, não se pretende que as pessoas não tenham opinião, mas daí a auto-denominarem-se especialistas num tema de tão elevada complexidade é quererem ter demasiado protagonismo. (...)

(Leia o artigo integral na edição 502 do Expansão, de sexta-feira, dia 7 de Dezembro de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i