Director João Armando

Prejuízos transitados da Sonangol duplicaram para 2 biliões KZ em 2017

Prejuízos transitados da Sonangol duplicaram para 2 biliões KZ em 2017
Foto: César Magalhães

Comparativamente a 2016, a petrolífera também duplicou os resultados líquidos, passando de 13,3 milhões Kz para cerca de 27,4 milhões Kz, mas já alertou que não vai distribuir os dividendos com o principal accionista, o Estado, devido aos prejuízos acumulados de anos anteriores, de 398,2 mil milhões Kz.

Os prejuízos transitados da Sonangol duplicaram em 2017 para mais de 2 biliões Kz, sobretudo devido à reavaliação de contas referentes a anos anteriores, valor que ascendeu aos 815,5 mil milhões Kz, de acordo com o relatório e contas (R&C) de 2017 divulgado esta semana.

A título de exemplo, em 2016, o Grupo registou em reservas de conversão cambial o montante de 241,4 mil milhões Kz referentes a diferenças cambiais potenciais incorridas pela Sonangol com financiamentos contraídos para a aquisição de partes de capital de subsidiárias.

No entanto, em 2017, o Grupo reviu "o seu entendimento quanto a este enquadramento contabilístico, tendo concluído que o mesmo não é compatível com as Políticas Contabilísticas definidas pelo actual Conselho de Administração", e registou a s perdas como resultados transitados.

A imparidade de activos mineiros (194,5 mil milhões) e o registo da responsabilidade para actos médicos (175,3 mil milhões) são outras das principais correcções de anos anteriores registados nos resultados transitados.

Face a 2016, quando a Sonangol já tinha apresentado como resultados transitados pouco mais de 1 bilião Kz, em 2017 há um aumento de 102% para cerca de 2,1 biliões Kz. (...)


(Leia o artigo integral na edição 505 do Expansão, de sexta-feira, dia 4 de Janeiro de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i