Director Carlos Rosado de Carvalho

"Fair play" financeiro empurra contas dos clubes para fora do "vermelho"

"Fair play" financeiro empurra contas dos clubes para fora do "vermelho"
Foto: D.R.

Na época passada, os 700 emblemas dos 54 principais campeonatos europeus obtiveram lucros conjuntos de 615 milhões de euros, uma subida significativa face aos 350 negativos obtidos na época anterior. Nunca antes o conjunto dos clubes tinha dado lucros.

A época 2017/18 marca aquele que é o primeiro ano em que o conjunto dos 700 clubes que fazem parte das 54 principais ligas do futebol europeu alcançaram lucros, depois de vários anos a acumular prejuízos A entidade que tutela o futebol europeu, a UEFA, revela que são os efeitos do "fair play" financeiro, mecanismo desenvolvido para "controlar" as despesas dos clubes, que entrou em vigor em 2008.

Assim, na época passada, o conjunto dos 700 emblemas obtiveram lucros de 615 milhões de euros, uma subida significativa face aos 350 negativos obtidos na época anterior. Tratam-se de resultados obtidos após terem sido deduzidos os valores das transferências e dos impostos, das actividades não-operacionais e do financiamento.

Segundo o relatório "The European Club Footballing Landscape", realizado pela UEFA, a época em análise revela uma redução abrupta dos custos operacionais dos clubes, principalmente com a diminuição dos gastos em imóveis e equipamentos, bem como em custos administrativos.

"Este relatório mostra que as tendências positivas de receita, investimento e lucro, identificados no ano anterior permanecem. A saúde subjacente do futebol europeu é destacada com os 700 clubes de primeira divisão juntos a gerarem o primeiro lucro da história", refere no documento o presidente da UEFA, Aleksander Ceferin. (...)


(Leia o artigo integral na edição 510 do Expansão, de sexta-feira, dia 8 de Fevereiro de 2019, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i